preparação da alta

  • Regras para prevernir infecções e outras complicações

    Quando a sua situação clínica lhe permitir terá alta. No entanto, não se esqueça que o processo de recuperação das defesas do seu organismo contra infecções e outras complicações é mais lento do que a recuperação hematológica.

     

    O facto de não necessitar de estar internado, não significa que possa retomar uma vida inteiramente normal.

     

    Existem um conjunto de regras, que terá de adoptar, com o objectivo de prevenir infecções e outras complicações.

    Se efectuou um autotranplante, estas regras devem ser mantidas durante aproximadamente 3 meses.

     

    No caso de ter efectuado um alotransplante, demorará um pouco mais, por estar a tomar medicamentos imunossupressores (ex. Ciclosporina, Tacrolimus, Cellcept). Este efeito imunossupressor, é que permite que as células progenitores do dador se desenvolvam sem serem destruídas pelo seu sistema imunológico. Por este motivo as suas defesas estão diminuídas, existe o risco de contrair infecções, de modo que as regras devem ser mantidas durante aproximadamente 6 a 12 meses.

     

    Se desenvolver Doença Enxerto Contra Hospedeiro (DECH ou GVHD) que é uma condição peculiar do transplante de medula óssea alogênico, os cuidados terão que ser um pouco mais rigorosos e mantidos por um período de tempo indeterminado, nunca inferior a 12 meses. Isto porque, a DECH acontece porque os linfócitos T contaminantes da medula óssea do dador, que foram infundidos aquando do transplante, proliferam e diferenciam-se respondendo à disparidade dos seus antigénios de histocompatibilidade e atacam as células dos órgãos alvo, produzindo os sinais e sintomas de DECH. Para tratar este novo quadro clínico, irá tomar mais medicação que contribui para a diminuição das suas defesas.

     

    Apesar de as regras terem um período de tempo estabelecido, a decisão de as manter ou suspender compete ao médico.

    :: Descarregue aqui o ficheiro PDF "Cuidados a ter após a alta"

     

  • Regras de higiene pessoal

    > É aconselhado tomar banho diariamente, com o produto que habitualmente usa em casa (que deve ser usado apenas por si)

     

    > Utilize objectos de higiene de uso próprio

     

    >De preferência, não use desodorizantes com álcool, nem perfumes

     

    > Se a sua pele estiver seca, pode usar creme hidratante

     

    > Se não tiver alterações na pele, pode usar cosméticos. No entanto, é aconselhável pedir opinião ao seu médico ou enfermeiro

     

    > Não use lâminas de barbear (gilete), enquanto as plaquetas se mantiverem baixas(menos de 50 000)  porque corre o risco de sangrar. Pode usar máquina de barbear

     

    > Faça uma higiene cuidada da sua boca:
    - lave a boca sempre após as refeições;
    - use uma escova de dentes macia, igual á do internamento;
    - hidrate os lábios e a boca, frequentemente;
    - sempre que apresente a boca muito seca, informe o seu médico e/ou enfermeiro.

     

    > Mude de roupa interior todos os dias

     

    > Se usar peruca, siga as indicações fornecidas pelo vendedor

     

    > Lave as mãos:
    - antes de se alimentar;
    - sempre que utilizar os sanitários;
    - quando chegar da rua, pois os objectos que nos rodeiam estão frequentemente sujos. MÃOS LAVADAS, MÃOS SEGURAS!
     > Se tiver cateter siga rigorosamente as instruções dadas pelo Enfermeiro

     


     

  • Regras de higiene dos locais que frequenta

    Antes da sua alta, a casa deve ser sujeita a uma limpeza geral. Os tapetes, cortinas, cobertores e edredões deverão ser lavados e posteriormente podem ser colocados nos seus lugares habituais.
    > Limpeza do seu quarto:
    - deve ser limpo diariamente (limpeza normal), de preferência não deve ser alcatifado;
    -  Não deve colocar flores ou plantas verdes no seu quarto
    -  Os lençóis da cama devem ser trocadas uma vezes por semana, ou sempre que necessário.

     

    > A Casa de Banho:

    - Se as suas condições habitacionais o permitirem, utilize uma casa de banho só para si. Se tal não for possivel, esta deverá ser limpa sempre antes de ser utilizada por si

     

    > Restantes divisões:

    - As restantes divisões da casa frequentadas por si, deverão ser limpas pelo menos duas a três vezes por semana. 

    - É absolutamente interdito permanecer em locais com fumo. Se alguém em sua casa fumar, terá que o fazer fora de casa

    - Evite frequentar sítios com ar condicionado e/ou com muitas pessoas, por ex. cafés, centros comerciais, supermercados e hipermercados, autocarros...

     

  • Actividade social

     

    Mantenha-se activo! No inicio, é natural que se canse facilmente, por isso aumente a sua actividade física gradualmente, de forma a não se sentir cansado. Repouse com frequência

    > Não há inconveniente que circule pela casa e que esteja com os restantes membros da família às refeições ou no convívio normal (ver TV, conversar,...), desde que ninguém esteja doente.
    > Pode receber visitas de familiares e amigos íntimos e conviver com eles, mas não permaneça com muitas pessoas em espaços fechados. Peça aos seus amigos e familiares para não o visitarem se estiverem doentes (gripe, constipação, tosse,...)
    > Desencoraje a visita de pessoas, que apenas o queiram visitar por cortesia (vizinhos, colegas de trabalho,...)
    > Não receba pessoas que o cansam e que não tenha particular interesse em receber 
    > Pode conviver com crianças, excepto se estiverem doentes (gripe, constipação, varicela, sarampo,...) ou se tiverem sido vacinadas recentemente
    > Poderá manter os seus animais domésticos (ex. cão, gato), em casa. No entanto, estes devem estar vacinados, desparasitados e ser lavados semanalmente. Se lhes tocar, lave as mãos em seguida
    > Pode sair de casa e passear ao ar livre. Mas não se esforce demasiado
    > Não pode frequentar cafés, centros comerciais, bares, ou quaisquer espaços fechados com muitas pessoas e locais com fumo. Mesmo que use máscara estes locais são proibidos
    > Não ande em transportes públicos, mesmo que use máscara
    > Coloque máscara sempre que entrar no hospital para as consultas ou quando houver em casa alguém com infecção, com a qual não possa evitar o contacto
    > Não precisa de andar de máscara em casa, nem quando passeia ao ar livre, excepto se passar em locais com obras
    > Não se exponha ao sol. Pode passear à beira-mar, para tal deve proteger a cabeça com boné, chapéu ou guarda-sol, aplicar protector solar nas zonas descobertas, mesmo que permaneça à sombra
     

     

  • Actividade profissional e escolar

    Na maioria dos casos, após o transplante ficam aptos para o trabalho.

     

    Não deixe instalar-se na sua mente, a ideia de que terá de se reformar por invalidez. Isso raramente acontece.

     

    Mas...

     

    Provavelmente, não poderá retomar a sua actividade profissional ou escolar, antes de decorridos 6 a 12 meses após o transplante.

     

    Pode no entanto, ir avaliando com a equipe de transplantes, qual a possibilidade de retomar a mesma actividade ou se existe necessidade de mudança de local ou de tipo de emprego.

     

    Se ainda estuda, provavelmente ainda não poderá frequentar a sua escola. Isso só acontecerá passados 6 a 12 meses do transplante.

     

    No entanto, existe a possibilidade de continuar a estudar em casa, por um sistema de video conferência. Informe-se!

     

  • Actividade sexual

    Poderá dormir no quarto e/ou cama com o(a) seu companheiro(a):
    > São permitidas expressões de afecto, como dar a mão ou abraçar
    > Pode retomar relações sexuais, quando tiver as plaquetas com valores superiores a 50 000/mm3 e os neutrófilos superiores a 1 000/mm3
    > Deve usar sempre preservativo, para evitar infecções.
    > É essencial que o seu companheiro(a) cumpra as normas de higiene adequadas (banho diário, higiene oral, lavagem das mãos)


    Após o transplante é normal que sinta algumas alterações:

    > As mulheres podem apresentar diminuição ou ausência do fluxo menstrual e diminuição das secreções vaginais
    > Os homens podem apresentar diminuição do desejo sexual

    Estas alterações são temporárias e resolvem-se assim que os seus níveis hormonais voltarem ao normal.

     

    Se tiver dúvidas, não hesite em as expor abertamente ao médico ou enfermeiro. Eles poderão ajudá-lo a esclarecer e a resolver os problemas que possam surgir.

     

  • Vigilância/Contacto com o serviço

    A vigilância de alguns sinais e sintomas, após o transplante, é muito importante. Por isso, deve:
     
    > Avaliar e registar a temperatura duas vezes por dia (de manhã e ao fim da tarde) e sempre que sinta mal-estar e arrepios
     

    Sempre que se verificar alguma das seguintes situações, deve contactar o serviço o mais rapidamente possível:
     
    > Vómitos repetidos que impeçam continuar as tomas dos medicamentos;
    > Diarreia;
    > Febre (>38ºC), arrepios ou vários dias com temperatura >37,5ºC;
    > Hemorragia pelo nariz ou gengivas;
    > Presença de sangue na urina ou nas fezes;
    > Tosse persistente ou falta de ar;
    > Alterações na pele;
    > Dor ou dificuldade a urinar.
     
    NOTA: Deve contactar o serviço, também para o esclarecimento de dúvidas e orientação para as actividades em casa. 
     
  • Alimentação (regras gerais)

    1. CUIDADOS COM A LOIÇA:
    > Lavar muito bem a loiça com água corrente (se não tiver água canalizada, deve lavar a loiça com água quente e um pouco de lixivia), ou;
    > Lavar na máquina de lavar loiça, à temperatura de 65ºC.;
    > Guardar a loiça em armário fechado;

    2. Todos os alimentos devem ser preparados num local muito limpo e usando utensílios/materias limpos;

    3. Deve comprar produtos frescos e conservar no frigorífico ou congelador;

    4. Preparar os pratos para cada refeição;

    5. Deve ser o primeiro a ser servido, sendo isto efectuado logo após a confecção dos alimentos;

    6. NUNCA PREPARAR VÁRIAS REFEIÇÕES. NÃO DEIXAR RESTOS DE UMAS REFEIÇÕES PARA AS OUTRAS;

    7. No caso da sopa, se tiver congelador ou arca frigorífica, pode separar em doses individuais e congelar (- 18º c) sem deixar arrefecer ao ar. No momento de servir descongele no microondas ou no fogão;

    TIPOS DE CONFECÇÕES PERMITIDAS:
    > Cozidos
    > Assados no forno - não são permitidos assados na brasa
    > Estufados
    > Guisados
    > Fritos

    8. Todos os alimentos devem ser bem cozinhados;

    9. Não esquecer:
    As refeições devem ser consumidas logo após a sua confecção;

    10. Lavagem da fruta e legumes:
    > Lavar bem em água corrente e após deixar de molho, em água com 3 gotas de lixívia ou com Amukina, durante 5 minutos;

    11. Todos os produtos que abrir, são para consumir no próprio dia.


    ATENÇÃO:
    > Deve verificar sempre a integridade das embalagens e a data de validade de todos os produtos permitidos
    > Opte por produtos em embalagens herméticas e individuais
    > Só deve consumir os alimentos se tiver certeza da sua segurança
    Sempre que tiver dúvidas, esclareça-as com a equipa de transplantes


    :: Descarregue aqui o ficheiro PDF com a lista completa de alimentos permitidos e não permitidos

artigos relacionados