apoio ao doente

toda a informao

e apoio que precisa

 

  • Quando a sua situao clnica lhe permitir ter alta. No entanto, no se esquea que o processo de recuperao das defesas do seu organismo contra infeces e outras complicaes mais lento do que a recuperao hematolgica.

    O facto de no necessitar de estar internado, no significa que possa retomar uma vida inteiramente normal.

    Existem um conjunto de regras, que ter de adoptar, com o objectivo de prevenir infeces e outras complicaes.

    Se efectuou um autotranplante, estas regras devem ser mantidas durante aproximadamente3 meses.

    No caso de ter efectuado um alotransplante, demorar um pouco mais, por estar a tomar medicamentos imunossupressores (ex. Ciclosporina, Tacrolimus, Cellcept). Este efeito imunossupressor, que permite que as clulas progenitores do dador se desenvolvam sem serem destrudas pelo seu sistema imunolgico. Por este motivo as suas defesas esto diminudas, existe o risco de contrair infeces, de modo que as regras devem ser mantidas durante aproximadamente 6 a 12 meses.

    Se desenvolver Doena Enxerto Contra Hospedeiro (DECH ou GVHD) que uma condio peculiar do transplante de medula ssea alognico, os cuidados tero que ser um pouco mais rigorosos e mantidos por um perodo de tempo indeterminado, nunca inferior a 12 meses. Isto porque, a DECH acontece porque os linfcitos T contaminantes da medula ssea do dador, que foram infundidos aquando do transplante, proliferam e diferenciam-se respondendo disparidade dos seus antignios de histocompatibilidade e atacam as clulas dos rgos alvo, produzindo os sinais e sintomas de DECH. Para tratar este novo quadro clnico, ir tomar mais medicao que contribui para a diminuio das suas defesas.

    Apesar de as regras terem um perodo de tempo estabelecido, a deciso de as manter ou suspender compete ao mdico.

    :: Descarregue aqui o ficheiroPDF "Cuidados a ter aps a alta"

  • Regras de higiene pessoal

    > aconselhado tomar banho diariamente, com o produto que habitualmente usa em casa (que deve ser usado apenas por si)

    > Utilize objectos de higiene de uso prprio

    >De preferncia,no use desodorizantes com lcool, nem perfumes

    > Se a sua pele estiver seca, pode usar creme hidratante

    > Se no tiver alteraes na pele, pode usar cosmticos. No entanto, aconselhvel pedir opinio ao seu mdico ou enfermeiro

    > No use lminas de barbear (gilete), enquanto as plaquetas se mantiverem baixas(menos de 50 000) porque corre o risco de sangrar. Pode usar mquina de barbear

    > Faa uma higiene cuidada da sua boca:
    - lave a boca sempre aps as refeies;
    - use uma escova de dentes macia, igual do internamento;
    - hidrate os lbios e a boca, frequentemente;
    - sempre que apresente a boca muito seca, informe o seu mdico e/ou enfermeiro.

    > Mude de roupa interiortodos os dias

    > Se usar peruca, siga as indicaes fornecidas pelo vendedor

    > Lave as mos:
    - antes de se alimentar;
    - sempre que utilizar os sanitrios;
    - quando chegar da rua, pois os objectos que nos rodeiam esto frequentemente sujos. MOS LAVADAS, MOS SEGURAS!
    > Se tiver cateter siga rigorosamente as instrues dadas pelo Enfermeiro


  • Regras de higiene dos locais que frequenta

    Antes da sua alta, a casa deve ser sujeita a uma limpeza geral. Os tapetes, cortinas, cobertores e edredes devero ser lavados e posteriormente podem ser colocados nos seus lugares habituais.
    > Limpeza do seu quarto:
    - deve ser limpo diariamente (limpeza normal), de preferncia no deve ser alcatifado;
    -No deve colocar flores ou plantas verdes no seu quarto
    -Os lenis da cama devem ser trocadasuma vezes por semana, ou sempre que necessrio.

    > A Casa de Banho:

    - Se as suas condies habitacionais o permitirem, utilize uma casa de banho s para si. Se tal no for possivel, esta dever ser limpa sempre antes de ser utilizada por si

    > Restantes divises:

    - As restantes divises da casa frequentadas por si, devero ser limpas pelo menos duas a trs vezes por semana.

    - absolutamente interdito permanecer em locais com fumo. Se algum em sua casa fumar, ter que o fazer fora de casa

    - Evite frequentar stios com ar condicionado e/ou com muitas pessoas, por ex. cafs, centros comerciais, supermercados e hipermercados, autocarros...

  • Actividade social

    >Mantenha-se activo! No inicio, natural que se canse facilmente, por isso aumente a sua actividade fsica gradualmente, de forma a no se sentir cansado. Repouse com frequncia

    > No h inconveniente que circule pela casa e que esteja com os restantes membros da famlia s refeies ou no convvio normal (ver TV, conversar,...), desde que ningum estejadoente.
    > Pode receber visitas de familiares e amigos ntimos e conviver com eles, mas no permanea com muitas pessoas em espaos fechados. Pea aos seus amigos e familiares para no o visitarem se estiverem doentes (gripe, constipao, tosse,...)
    > Desencoraje a visita de pessoas, que apenas o queiram visitar por cortesia (vizinhos, colegas de trabalho,...)
    > No receba pessoas que o cansam e que no tenha particular interesse em receber
    > Pode conviver com crianas, excepto se estiverem doentes (gripe, constipao, varicela, sarampo,...) ou se tiverem sido vacinadas recentemente
    > Poder manter os seus animais domsticos (ex. co, gato), em casa. No entanto, estes devem estar vacinados, desparasitados e ser lavados semanalmente. Se lhes tocar, lave as mos em seguida
    > Pode sair de casa e passear ao ar livre. Mas no se esforce demasiado
    > No pode frequentar cafs, centros comerciais, bares, ou quaisquer espaos fechados com muitas pessoas e locais com fumo. Mesmo que use mscara estes locais so proibidos
    > No ande em transportes pblicos, mesmo que use mscara
    > Coloque mscara sempre que entrar no hospital para as consultas ou quando houver em casa algum com infeco, com a qual no possa evitar o contacto
    > No precisa de andar de mscara em casa, nem quando passeia ao ar livre, excepto se passar em locais com obras
    > No se exponha ao sol. Pode passear beira-mar, para tal deve proteger a cabea com bon, chapu ou guarda-sol, aplicar protector solar nas zonas descobertas, mesmo que permanea sombra

  • Actividade profissional e escolar

    Na maioria dos casos, aps o transplante ficam aptos para o trabalho.

     

    No deixe instalar-se na sua mente, a ideia de que ter de se reformar por invalidez. Isso raramente acontece.

     

    Mas...

     

    Provavelmente, no poder retomar a sua actividade profissional ou escolar, antes de decorridos 6 a 12 meses aps o transplante.

     

    Pode no entanto, ir avaliando com a equipe de transplantes, qual a possibilidade de retomar a mesma actividade ou se existe necessidade de mudana de local ou de tipo de emprego.

     

    Se ainda estuda, provavelmente ainda no poder frequentar a sua escola. Isso s acontecer passados 6 a 12 meses do transplante.

     

    No entanto, existe a possibilidade de continuar a estudar em casa, por um sistema de video conferncia. Informe-se!

     

  • Actividade sexual

    Poder dormir no quarto e/ou cama com o(a) seu companheiro(a):
    > So permitidas expresses de afecto, como dar a mo ou abraar
    > Pode retomar relaes sexuais, quando tiver as plaquetas com valores superiores a 50 000/mm3 e os neutrfilos superiores a 1 000/mm3
    > Deve usar sempre preservativo, para evitar infeces.
    > essencial que o seu companheiro(a) cumpra as normas de higiene adequadas (banho dirio, higiene oral, lavagem das mos)


    Aps o transplante normal que sinta algumas alteraes:

    > As mulheres podem apresentar diminuio ou ausncia do fluxo menstrual e diminuio das secrees vaginais
    > Os homens podem apresentar diminuio do desejo sexual

    Estas alteraes so temporrias e resolvem-se assim que os seus nveis hormonais voltarem ao normal.

    Se tiver dvidas, no hesite em as expor abertamente ao mdico ou enfermeiro. Eles podero ajud-lo a esclarecer e a resolver os problemas que possam surgir.

  • A vigilância de alguns sinais e sintomas, após o transplante, é muito importante. Por isso, deve:
     
    > Avaliar e registar a temperatura duas vezes por dia (de manhã e ao fim da tarde) e sempre que sinta mal-estar e arrepios
     

    Sempre que se verificar alguma das seguintes situações, deve contactar o serviço o mais rapidamente possível:
     
    > Vómitos repetidos que impeçam continuar as tomas dos medicamentos;
    > Diarreia;
    > Febre (>38ºC), arrepios ou vários dias com temperatura >37,5ºC;
    > Hemorragia pelo nariz ou gengivas;
    > Presença de sangue na urina ou nas fezes;
    > Tosse persistente ou falta de ar;
    > Alterações na pele;
    > Dor ou dificuldade a urinar.
     
    NOTA: Deve contactar o serviço, também para o esclarecimento de dúvidas e orientação para as actividades em casa. 
     
  • 1. CUIDADOS COM A LOIA:
    > Lavar muito bem a loia com gua corrente (se no tiver gua canalizada, deve lavar a loia com gua quente e um pouco de lixivia), ou;
    > Lavar na mquina de lavar loia, temperatura de 65C.;
    > Guardar a loia em armrio fechado;

    2. Todos os alimentos devem ser preparados num local muito limpo e usando utenslios/materias limpos;

    3. Deve comprar produtos frescos e conservar no frigorfico ou congelador;

    4. Preparar os pratos para cada refeio;

    5. Deve ser o primeiro a ser servido, sendo isto efectuado logo aps a confeco dos alimentos;

    6. NUNCA PREPARAR VRIAS REFEIES. NO DEIXAR RESTOS DE UMAS REFEIES PARA AS OUTRAS;

    7. No caso da sopa, se tiver congelador ou arca frigorfica, pode separar em doses individuais e congelar (- 18 c) sem deixar arrefecer ao ar. No momento de servir descongele no microondas ou no fogo;

    TIPOS DE CONFECES PERMITIDAS:
    > Cozidos
    > Assados no forno - no so permitidos assados na brasa
    > Estufados
    > Guisados
    > Fritos

    8. Todos os alimentos devem ser bem cozinhados;

    9. No esquecer:
    As refeies devem ser consumidas logo aps a sua confeco;

    10. Lavagem da fruta e legumes:
    > Lavar bem em gua corrente e aps deixar de molho, em gua com 3 gotas de lixvia ou com Amukina, durante 5 minutos;

    11. Todos os produtos que abrir, so para consumir no prprio dia.


    ATENO:
    > Deve verificar sempre a integridade das embalagens e a data de validade de todos os produtos permitidos
    > Opte por produtos em embalagens hermticas e individuais
    > S deve consumir os alimentos se tiver certeza da sua segurana
    Sempre que tiver dvidas, esclarea-as com a equipa de transplantes


    :: Descarregue aqui o ficheiro PDF com a lista completa de alimentos permitidos e no permitidos

artigos relacionados