o stmo

fique a conhecer

o que fazemos no stmo

 

O início da moderna transplantação de medula óssea começou na década de 50 do século XX. Das pesquisas e trabalhos experimentais em animais, passou-se posteriormente para o primeiro programa experimental de transplantação de medula óssea em seres humanos no "Mary Imogene Basset Hospital"(1). No seguimento desses trabalhos, foi em 1957 que se demonstrou a viabilidade e segurança da infusão de um grande volume de medula óssea por via endovenosa. Obteve-se, deste modo, um enxerto de medula óssea transitório. Apesar do volume crescente de estudos realizados nos fins dos anos 50 e inicio de 60, os resultados eram desanimadores, sobretudo pelo facto de se desconhecer ainda a importância dos factores de histocompatibilidade na determinação da viabilidade dos enxertos. Por outro lado, o número reduzido de alo-transplantes com sucesso inicial era seguido de uma reacção imunológica letal do enxerto contra o hospedeiro (GVHD - Doença Enxerto Contra Hospedeiro).

Página 1 de 3

comente